PT | EN


FAQ

Quem é o IMVF?
O Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF) é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) com o estatuto jurídico de Fundação. É uma entidade privada, sem fins lucrativos, reconhecida como instituição de utilidade pública.

O que é uma ONGD?
As ONGD são Organizações Não Governamentais que dedicam o seu trabalho à área do Desenvolvimento – social, económico, cultural, humano – maioritariamente junto dos países mais pobres, trabalhando por um mundo mais justo e equitativo.

Como são geridos os Projetos?
Os projetos são geridos pela equipa técnica do IMVF, a partir da nossa sede, em Lisboa e com recurso a missões regulares ao terreno para um acompanhamento mais próximo das equipas locais. A execução é feita de forma transversal pelo IMVF em parceria com ONG locais, entidades governamentais, entre outras, que aplicam as suas experiências de terreno ao serviço dos projetos, garantindo assim o seu sucesso.

Quem financia os Projetos do IMVF?
Os projetos do IMVF são financiados com o importante apoio dos nossos parceiros e cofinanciadores e também com recurso a fundos próprios.

O IMVF recebe voluntários?
De momento o IMVF não tem nenhum programa regular de voluntariado. Todas as pessoas interessadas em fazer voluntariado deverão entrar em contacto com a Plataforma Portuguesa das Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento. Esta é a entidade mais adequada para prestar esclarecimentos e informações sobre voluntariado, sobre as ONGD que aceitam voluntários e em que áreas de atividade o mesmo pode ser realizado.

O IMVF aceita pedidos de financiamento?
Por norma não. Os recursos financeiros do IMVF são aplicados em projetos próprios, que se insiram na lógica da Instituição e na estratégia de intervenção em cada país. No entanto, sempre que se afigura pertinente e uma mais-valia para os objetivos pelos quais o IMVF se move, são estabelecidos protocolos de colaboração em que o apoio do IMVF pode materializar-se tanto em apoio financeiro como em apoio logístico e/ou técnico.

O IMVF aceita candidaturas?
Todos os interessados podem fazer chegar os seus currículo vitae através do email comunicacao@imvf.org, de forma a constarem da nossa base de dados para futuras oportunidades: estágios, contratações de peritos para missões de curto prazo no terreno ou mesmo para integrar a nossa equipa. Todas as ofertas disponíveis são publicadas no nosso site.
Partilhar:
Homepage Imprimir Enviar
23 Jun 2017

Projeto Fruta Tropical Justa partilha Guia Prático para Campanhas

O guia "Game On! O Jogo da Campanha" foi desenvolvido pelo finep e Wigwam no seguimento da experiência adquirida durante a campanha Make Fruit Fair!/ Fruta Tropical Justa. As conclusões recolhidas e as lições aprendidas durante esta campanha em 20 Estados-Membros da União Europeia motivou-os a partilhar com um público mais alargado os aspetos essenciais da realização de uma campanha.
22 Jun 2017

Clube de Lisboa organiza Lisbon Talks

Na primeira Lisbon Talk organizada pelo Clube de Lisboa, serão debatidas as transições energéticas. Este encontro vai ter lugar no próximo dia 4 de julho, às 10 horas, na Sala do Arquivo dos Paços do Concelho, na Praça do Município, em Lisboa. Entrada livre, sujeita à capacidade da sala.
20 Jun 2017

IMVF de Portas Abertas

Com o mote "Banana Manjerico", o IMVF vai celebrar os Santos Populares, na próxima sexta-feira, dia 23 de junho, entre as 18h e as 20h, na sua sede, em Lisboa, no âmbito do projeto Fruta Tropical Justa/ Make Fruit Fair. Esta será também uma oportunidade para conhecer ou saber mais sobre o trabalho e a equipa da Unidade de Educação para a Cidadania Global do IMVF e os projetos que implementa em Portugal.
19 Jun 2017

Ministério da Comunicação Social recebe recomendações sobre igualdade e equidade de género nos Media guineenses

A Associação de Mulheres Profissionais da Comunicação Social da Guiné-Bissau (AMPROCS-GB) entregou, no dia 13 de junho de 2017, ao Ministro da Comunicação Social, Victor Pereira, o documento com as recomendações da "Jornada sobre Igualdade e Equidade de Género no setor da Comunicação Social na Guiné-Bissau", iniciativa realizada nos dias 21, 22 e 23 de março de 2017, na Casa dos Direitos e financiada pela União Europeia através do programa UE-PAANE Fase di Kambansa.
12 Jun 2017

4º Congresso Europeu de Economia Social e Solidária decorreu em Atenas

"Estamos contentes de vos dar as boas-vindas à Atenas da crise, mas também a uma sociedade que contra todas as probabilidades está a tentar encontrar, com os seus próprios poderes, criatividade, solidariedade e cooperação, uma maneira diferente de viver, de produzir, de partilhar.