PT | EN


Fruta Tropical Justa

Sabia que milhares de produtores e trabalhadores são explorados na produção de frutas tropicais - de que tanto gostamos, como a manga, a banana e o ananás? E sabia que os seus direitos básicos não são assegurados? 

O mercado de frutas tropicais é um excelente exemplo do nosso mundo globalizado e interdependente: cada cidadão da União Europeia come cerca de 9 quilos de bananas por ano. Em 2012, só o mercado de retalho da banana da União Europeia teve um volume de 7.000 milhões de euros (Eurostat/CIRAD). Devido à distribuição desigual de poder e riqueza dentro das cadeias globais de fornecimento, agricultores e trabalhadores do setor de frutas tropicais não recebem a sua parte justa dos lucros.

Enquanto consumidores temos voz para alterar esta situação. Um poder que devemos usar para apelar à União Europeia, aos Governos, aos supermercados e à indústria alimentar para agirem. Estes atores influentes devem assegurar que as frutas tropicais que compram e vendem não são produzidas com base na violação dos Direitos Humanos e poluição ambiental. 

Materiais Gráficos e Audiovisuais  Publicações 
  • Estudo "As Cadeias de Abastecimento da Banana e as Consequências das Práticas Comerciais Injustas" em português e em inglês.
Notícias Comunicados de Imprensa  Eventos --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

“Na sua campanha pan-europeia Make Fruit Fair! – Fruta Tropical Justa, o IMVF e 14 parceiros europeus e quatro parceiros de Países em Desenvolvimento defendem preços e remunerações justas e respeito pelos direitos laborais e humanos, bem como proteção ambiental, na cadeia de abastecimento de fruta tropical. Consideram que as práticas de comércio injustas exercidas pelos supermercados e empresas frutícolas são uma questão essencial que deve ser abordada para defender os Direitos Humanos nas cadeias de produção e abastecimento de fruta tropical."

O contexto e mensagem chave do projeto Fruta Tropical Justa pode ser lida aqui.

Consulte aqui a ficha do projeto Fruta Tropical Justa - Promover as frutas tropicais justas no Ano Europeu para o Desenvolvimento e pós-2015.

Mais informações no website do projeto em português aqui, no facebook e no twitter.








 
Partilhar:
Homepage Imprimir Enviar
22 Feb 2017

Projeto Fruta Tropical Justa: Estarão os direitos laborais na América Central protegidos pelos novos proprietários da Fyffes?

28 organizações da América Latina, Caribe, Europa e Estados Unidos, reunidas em Bolonha, entre 21 a 24 de fevereiro de 2016, questionam os diretores da FYFFES, recentemente adquirida, sobre as contínuas violações dos direitos dos trabalhadores na Costa Rica e nas Honduras. No âmbito da campanha internacional “Freedom & Fairness for Fyffes Workers“, continuamos a assistir a despedimentos sistemáticos de membros sindicais da filial hondurenha Fyffes Suragroh.
16 Feb 2017

Convite à apresentação de propostas: implementação do Plano de Desenvolvimento Agrícola Regional (PDAR) na Guiné-Bissau

No quadro do projeto UE-ACTIVA - Ações Coletivas e Territoriais Integradas para a Valorização da Agricultura - Eixo 1: Governação Territorial foi lançado o convite, dirigido às dirigido às Organizações da Sociedade Civil (OSC) guineenses, para a apresentação de propostas para a implementação do Plano de Desenvolvimento Agrícola Regional de Bafatá, Quinara e Tombali, na Guiné-Bissau.
16 Feb 2017

Programa UE-PAANE publica documento sobre os resultados alcançados entre 2011 e 2016

Um documento que sintetiza o trabalho desenvolvido, ao longo de 5 anos, no âmbito do Programa de Apoio aos Atores Não Estatais (UE-PAANE) “Nô Pintcha Pa Dizinvolvimentu", implementado na Guiné-Bissau pelo IMVF e pela CESO CI, e financiado pela União Europeia.
14 Feb 2017

Redes para o Desenvolvimento promoveu formação em Gestão do Ciclo do Projeto

Miranda do Corvo foi o município que acolheu, entre os dias 31 de janeiro e 2 de fevereiro de 2017, a ação de formação em Gestão do Ciclo do Projeto, promovida no âmbito do projeto Redes para o Desenvolvimento: Educação Global para uma Cooperação mais Eficiente.
13 Feb 2017

Ciclo de Conversas Coerente: primeiro evento público do projeto

"Porque falamos de Coerência das Políticas para o Desenvolvimento Sustentável?" foi o mote da primeira sessão do ciclo de Conversas Coerente, uma iniciativa do projeto Coerência.pt: o Eixo do Desenvolvimento mais Justo, mais Digno, mais Sustentável, que decorreu na manhã do dia 10 de fevereiro de 2017, no Auditório do Camões, I.P e que contou com a participação de cerca de 40 pessoas.