PT | EN


Fruta Tropical Justa

Sabia que milhares de produtores e trabalhadores são explorados na produção de frutas tropicais - de que tanto gostamos, como a manga, a banana e o ananás? E sabia que os seus direitos básicos não são assegurados? 

O mercado de frutas tropicais é um excelente exemplo do nosso mundo globalizado e interdependente: cada cidadão da União Europeia come cerca de 9 quilos de bananas por ano. Em 2012, só o mercado de retalho da banana da União Europeia teve um volume de 7.000 milhões de euros (Eurostat/CIRAD). Devido à distribuição desigual de poder e riqueza dentro das cadeias globais de fornecimento, agricultores e trabalhadores do setor de frutas tropicais não recebem a sua parte justa dos lucros.

Enquanto consumidores temos voz para alterar esta situação. Um poder que devemos usar para apelar à União Europeia, aos Governos, aos supermercados e à indústria alimentar para agirem. Estes atores influentes devem assegurar que as frutas tropicais que compram e vendem não são produzidas com base na violação dos Direitos Humanos e poluição ambiental. 

Materiais Gráficos e Audiovisuais  Publicações 
  • Estudo "As Cadeias de Abastecimento da Banana e as Consequências das Práticas Comerciais Injustas" em português e em inglês.
  • Síntese do estudo "Rainforest Alliance e os Supermercados de Desconto: Preços Baixos e Certificações Facéis?" em português e versão integral do estudo "Rainforest Alliance and the Discount Supermarkets: Low Prices and Easy Standards?" em inglês.
Notícias
 
Comunicados de Imprensa   
Eventos
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

“Na sua campanha pan-europeia Make Fruit Fair! – Fruta Tropical Justa, o IMVF e 14 parceiros europeus e quatro parceiros de Países em Desenvolvimento defendem preços e remunerações justas e respeito pelos direitos laborais e humanos, bem como proteção ambiental, na cadeia de abastecimento de fruta tropical. Consideram que as práticas de comércio injustas exercidas pelos supermercados e empresas frutícolas são uma questão essencial que deve ser abordada para defender os Direitos Humanos nas cadeias de produção e abastecimento de fruta tropical."

O contexto e mensagem chave do projeto Fruta Tropical Justa pode ser lida aqui.

Consulte aqui a ficha do projeto Fruta Tropical Justa - Promover as frutas tropicais justas no Ano Europeu para o Desenvolvimento e pós-2015.

Mais informações no website do projeto em português aqui, no facebook e no twitter.








 
Partilhar:
Homepage Imprimir Enviar
19 Jan 2018

Projeto Economia Social e Solidária apresenta policy paper em Bruxelas

Na próxima terça-feira, dia 23 de janeiro de 2018 será apresentado no Parlamento Europeu, em Bruxelas, o policy paper "Maximizar a Dignidade através da Economia Social e Solidária", promovido pelo consórcio SUSY, constiuído por 26 parceiros de 23 países europeus.  A apresentação será transmitida via live streaming através da página de Facebook  do projeto a partir das 10 horas.
15 Jan 2018

Lançamento oficial do Projeto de Turismo Solidário e Comunitário na Ilha do Maio, em Cabo Verde

O evento que marca o arranque oficial do Projeto de Turismo Solidário e Comunitário na Ilha do Maio vai decorrer no próximo dia 16 de janeiro, às 16 horas, no Salão Nobre Isaac Pinheiro, nos Paços do Concelho da Câmara Municipal do Maio, em Cabo Verde.
11 Jan 2018

UE-PAANE: Sindicato do setor da saúde capacitado em ação sindical e advocacia

Teve lugar entre os dias 11 e 15 de dezembro de 2017, na sede do UE-PAANE, a formação em “Ação Sindical e Advocacia no Âmbito da Saúde”. A atividade aconteceu no quadro do Gabinete de Apoio Permanente (GAP) do UE-PAANE - Fase di Kambansa e reuniu 28 sindicalistas membros do SINETSA – Sindicato Nacional dos Enfermeiros, Técnicos de Saúde e Afins. 
11 Jan 2018

UE PAANE: RENAJ projeta ações para os próximos 5 anos

O Gabinete de Apoio Permanente (GAP) do UE-PAANE - Fase di Kambansa colocou em prática mais uma ação: trata-se da assistência técnica e formação dada à Rede Nacional das Associações Juvenis – RENAJ para a elaboração do seu novo plano estratégico (o último vigorou até 2015). A atividade teve lugar entre os dias 4 e 12 de dezembro de 2017, na sede do UE-PAANE, e contou com a presença de 20 participantes. 
21 Dec 2017

Montemor-o-Novo recebe sessão sobre Economia Social e Solidária e Desenvolvimento Sustentável

Como podemos promover a Economia Social e Solidária (ESS) nos processos de Desenvolvimento Local e Global? Qual a importância da ESS na nova Agenda de Desenvolvimento 2030? Como podemos potenciar a aplicação da ESS em projetos atuais e futuros? Venha descobrir a resposta a estas e outras questões no próximo dia 19 de janeiro de 2018, a partir das 10h, no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Faria em Montemor-o-Novo.