PT | EN


Escola + Fase II

Reconhecendo o importante papel do setor da educação na promoção do desenvolvimento humano sustentável, o IMVF aposta numa intervenção de continuidade e de consolidação do trabalho que veio desenvolvendo desde 2009 em parceria com o Ministério da Educação, Cultura e Ciência de São Tomé e Príncipe.

Através da capitalização dos resultados já alcançados e com vista à melhoria e aumento do acesso ao ensino secundário, o IMVF identificou 5 eixos complementares nos quais, acredita, se assume relevante continuar a intervir. São eles: parque escolar, desempenho dos professores, ensino técnico-profissional, ensino recorrente e capacidade de gestão e acompanhamento dos serviços centrais do Ministério da Educação.

Contudo, face à disponibilidade orçamental para o quadriénio 2013-2017 foi identificado como prioritária a intervenção nos eixos 2 e 5 - desempenho dos professores e capacidade de gestão e acompanhamento dos serviços centrais do Ministério da Educação. Não obstante, o IMVF acredita ser possível, no decorrer do projeto, encontrar novas oportunidades de apoio à consecução dos restantes eixos, em articulação com os restantes parceiros coordenados pelo Ministério da Educação e Cultura.
Localização: São Tomé e Príncipe
Duração: setembro de 2013 a agosto de 2017
Beneficiários:
Diretos: alunos, professores, gestores escolares, quadros do Ministério da Educação Cultura e Formação da República de São Tomé e Príncipe.
Objetivos:
Geral: contribuir para o crescimento económico de São Tomé e Príncipe, aumento da empregabilidade e do retorno privado ao investimento na educação, assim como para o aumento generalizado das condições de vida da população.

Específico: promover a melhoria do ensino secundário em São Tomé e Príncipe.
Atividades:
Resultado Esperado 2: competências dos professores melhoradas.
A2.1: abertura de novas licenciaturas;
A2.2: colaboração nos bacharelatos no Príncipe;
A2.3: profissionalização em serviço;
A2.4: formação contínua;
A2.5: lecionação de disciplinas do 2º ciclo.

Resultado Esperado 5: capacitação Institucional do Min. Educação e Escolas reforçadas.
A5.1: comité de Acompanhamento: formação de comité para criação de sinergias e otimização dos recursos formado pelo Min. Da Educação, Cultura e Formação de STP, representante do Camões – ICL e IMVF;
A5.2: reforço da Direção do Ensino Secundário, do Departamento de Planeamento e Inovação Educativa e da capacidade do setor metodológico: realização de ações de formação de curta duração específicas a estas áreas;
A5.3: apoio à instalação do serviço de inspeção do ensino secundário: formação em exercício dos inspetores do ensino secundário e apoio à reestruturação do serviço de inspeção;
A5.4: reforço da capacidade de gestão e administração das escolas.
Parceiros:
Ministério da Educação Cultura e Ciência da República Democrática de São Tomé e Príncipe
Partilhar:
Homepage Imprimir Enviar
08 Aug 2017

Conversas Coerentes | “Coerência das Políticas para o Desenvolvimento: Erradicação da Pobreza e promoção da prosperidade”

No âmbito do projeto Coerência.pt: o Eixo do Desenvolvimento mais Justo, mais Digno, mais Sustentável, a FEC - Fundação Fé e Cooperação, o IMVF e a CIDSE irão dinamizar, no próximo dia 7 de setembro de 2017,  no Auditório do Camões, I.P., a segunda edição do ciclo “Conversas Coerentes”. O tema desta conversa será “Coerência das Políticas para o Desenvolvimento: Erradicação da Pobreza e promoção da prosperidade”. 
 
25 Jul 2017

2.º Comité de Pilotagem do projeto UE-PAANE - Fase di Kambansa

O 2.º encontro do Comité de Pilotagem do projeto UE-PAANE - Fase di Kambansa teve lugar no dia 19 de julho de 2017, na sede do projeto, em Bissau. Neste encontro, que contou com a presença de 11 dos 13 membros que formam o referido Comité, foram apresentadas as atividades desenvolvidas entre julho de 2016 e junho de 2017 no âmbito do projeto. Este é o segundo de 3 encontros do Comité de Pilotagem já realizados no decorrer da implementação do UE-PAANE - Fase di Kambansa.
20 Jul 2017

3 projetos plurianuais do IMVF vão receber financiamento do Camões, I.P.

No âmbito das candidaturas à Linha de Cofinanciamento de Projetos de Cooperação para o Desenvolvimento 2017, o IMVF viu aprovado financiamento por parte do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. para 3 projetos plurianuais, já contratualizados: em Cabo Verde, o Projeto de Dinamização e Requalificação Turística na Ilha do Maio, e na Guiné-Bissau os projetos Nô Fia Na Crias - Sistema Integrado Cooperativo e Comunitário de Produção Avícola, Caprina e Derivados para a Região de Cacheu e Etikapun n’há – Urok, Laboratório de Resiliência da Cultura Bijagó.
19 Jul 2017

Projeto Fruta Tropical Justa divulga estudo sobre pesticidas nas plantações de bananas no Equador

Este estudo, desenvolvido no âmbito da campanha Fruta Tropical Justa/ Make Fruit Fair, teve como objetivo averiguar as condições de vida e de trabalho, o bem-estar e a saúde de trabalhadores agrícolas e de pequenos agricultores em plantações de modo de produção biológico/justo e de trabalhadores em explorações convencionais, que usam biocidas, nas províncias de Los Rios e El Oro, no Equador, país considerado o maior exportador de bananas do mundo.
18 Jul 2017

UE-ACTIVA - Eixo 1: Governação Territorial financia projetos de 8 ONG guineenses

O programa UE-ACTIVA - Ações Coletivas e Territoriais Integradas para a Valorização da Agricultura - Eixo 1: Governação Territorial concedeu financiamento, no valor de cerca de 600 mil euros, a 8 Organizações Não Governamentais (ONG) da Guiné-Bissau, para a implementação de projetos de desenvolvimento agrícola nas regiões de Quinara, Tombali e Bafatá.