PT | EN


Economia Social e Solidária

Este projeto é uma abordagem relevante à sensibilização pública sobre a luta contra a pobreza global, e mais importante, ao papel que a Economia Social e Solidária (ESS) pode desempenhar nesta “luta” através da criação de relações justas entre países desenvolvidos e em desenvolvimento, promovendo a justiça social, os direitos humanos e modos de vida sustentáveis. A ESS propõe uma mudança no pensamento dominante capaz de transformar as atuais relações económicas numa abordagem baseada na cooperação, solidariedade e sustentabilidade.

Conheça os materiais de divulgação do projeto aqui e aqui.

Saiba mais em pt.solidarityeconomy.eu/
Localização: Portugal, Itália, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, República Checa, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Itália, Irlanda, Malta, Polónia, Roménia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha e Reino Unido
Duração: 36 meses - fevereiro 2015 a janeiro 2018
Beneficiários:
Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento (ONGD) que trabalham em Educação para o Desenvolvimento (ED) e Cooperação Internacional (CI), Comités de Economia Social e Solidária, Autoridades Locais com atividades de ED e CI, com foco no planeamento económico local e outras organizações da sociedade civil. Pelo menos 20 organizações estarão envolvidas em cada território/região. Estes grupos-alvo foram escolhidos de forma a obter um efeito multiplicador da ação. 

Total de beneficiários diretos: 310.180: 1.610 em workshops; 13.800 em eventos locais; 660 em formações; 36.800 em festivais de cinema; 220.000 em campanhas nos media; 15.000 em aplicações smartphones; 21.600 no website e no facebook; 250 em reuniões internacionais e 460 em ações de advocacia. 
 
Objetivos:
Geral: Contribuir para uma resposta coerente e abrangente aos desafios universais da erradicação da pobreza e do desenvolvimento sustentável, garantindo uma vida digna para todos até 2030.
 
Específico: Aumentar as competências das Redes de Desenvolvimento de ESS em 46 territórios  /regiões através do papel que a ESS pode desempenhar na luta global contra a pobreza e na promoção de um modo de vida sustentável. 
Atividades:
Resultado Esperado 1: Boas práticas entre redes de Desenvolvimento e redes de ESS são disseminadas e partilhadas
 
Atividade 1.1: Identificação de boas práticas;
A1.2: Workshops participativos (dialogue-oriented);
A1.3: Reportagens vídeo. 
 
Resultado Esperado 2: As competências das ONGD europeias e instituições públicas sobre a ligação entre a ESS e luta contra a pobreza são reforçadas
 
A2.1: Formação para potenciar o efeito multiplicador;
A2.2: Eventos locais;
A2.3: Reuniões internacionais;
A2.4: Atividades de advocacia;
A2.5: Embaixador do projeto;
A2.6: Produtos gráficos específicos.
 
Resultado Esperado 3: A consciência pública dos cidadãos europeus sobre a ligação entre a ESS e a luta contra a pobreza será reforçada e aumentada a partir de 2015, Ano Europeu para o Desenvolvimento
 
A3.1: Reunião de lançamento da campanha na Expo Milão 2015;
A3.2: Promover uma tour de oradores de países em Desenvolvimento;
A3.3: Criar uma APP (Aplicação): mapa interativo para versão online e smartphone;
A3.4: Participar em concursos e festivais de cinema;
A3.5: Criar, alimentar e disseminar um website e facebook;
A3.6: Lançar e promover uma campanha media no Ano Europeu do Desenvolvimento 2015.
 
Atividades transversais: Coordenação geral, monitorização, reporting, avaliação interna e externa, conferências telefónicas, plano de comunicação e visibilidade e participação nos seminários da EuropeAid.
Parceiros:
COSPE (Itália); Südwind Agentur (Áustria); SOS-FAIM (Bélgica); Balkan Institute for Labour and Social Policy (Bulgária); DEŠA – Dubrovnik (Croácia); CARDET (Chipre); Ekumenická akademie Praha – EAP (República Checa); NGO Mondo (Estónia); Pro Ethical Trade Finland (Finlândia); Ressources Humaines Sans frontières (França); INKOTA-netzwerks (Alemanha); Fair Trade Hellas (Grécia); Cromo Foundation (Hungria); Foundation for Development of Democratic Rights (Hungria); Fair Watch Cooperazione e Mondialità (Itália); Waterford One World Centre (Irlanda); Green Liberty (Letónia); KOPIN (Malta); Alliance of Associations Polish Green Network (Polónia); Fundatia Terra Mileniul III (Roménia); Slovak Centre for Communication and Development (Eslováquia); Peace Institute – Institute for Contemporary Social and Political Studies (Eslovénia); Centro de Estudios Rurales y de Agricultura Internacional /CERAI – (Espanha); The Co-operative College (Reino Unido); Think Global (Reino Unido)
Media:
11/07/2017 - Mapa europeu de iniciativas de Economia Social e Solidária
06/07/2017 - Análise reflecte sobre os desafios e limites da Economia Social e Solidária na Europa e no mundo
12/05/2017 - "Palmas" foi o 2.º filme exibido no Ciclo de Economia Social e Solidária em Lisboa
08/05/2017 - "Gente Extraordinária" foi o 1.º filme exibido no Ciclo de Economia Social e Solidária em Lisboa
13/02/2017 - Ciclo de Conversas Coerente: primeiro evento público do projeto
19/01/2017 - Conversas Coerentes: “Porque falamos de Coerência das Políticas para o Desenvolvimento Sustentável?”

30/12/2016 - Conversas sobre Economia Social e Solidária com o Prof. Rogério Roque Amaro
22/11/2016 - Ciclo de Cinema Economia Social e Solidária: o que têm em comum a língua assobiada turca e o banco "Palmas"?
26/10/2016 - Projeto Economia Social e Solidária promove workshop e ciclo de cinema em Gaia
25/07/2016 - Estudos sobre boas práticas de Economia Social e Solidária disponíveis online
15/07/2016 - Diário da Tour Economia Social e Solidária 2016 em Portugal
09/06/2016 - Tour Economia Social e Solidária 2016 regressa a Portugal para etapa final
31/05/2016 - SUSY - SUstainable and Solidarity economY: Diary of the Tour (1st Phase)
30/05/2016 - Donos de um destino coletivo: debate “Alternativas em prática: exemplos de Economia Social e Economia Solidária”
24/05/2016 - “É preciso não só gerar como também (re)distribuir a riqueza”
23/05/2016 - Terra Chã já foi ao Brasil e o Brasil vem para ficar
20/05/2016 - Tour Economia Social e Solidária 2016 começou dia 20 de maio em Portugal
13/05/2016 - Economia Social e Economia Solidária em debate organizado pelo IMVF no evento “Portugal Economia Social”
25/02/2016 - Projeto Economia Social e Solidária: parceiros estiveram reunidos em Florença

26/10/2015 - Economia Social e Solidária: projeto quer promover um novo paradigma de desenvolvimento económico mais equilibrado e sustentável
31/08/2015 - Quatro projetos de Cooperação para o Desenvolvimento e de Educação para a Cidadania Global tiveram início em 2015
16/01/2015 - Dois novos projetos de Educação para a Cidadania Global têm início em março de 2015

 

Partilhar:
Homepage Imprimir Enviar
19 Jan 2018

Projeto Economia Social e Solidária apresenta policy paper em Bruxelas

Na próxima terça-feira, dia 23 de janeiro de 2018 será apresentado no Parlamento Europeu, em Bruxelas, o policy paper "Maximizar a Dignidade através da Economia Social e Solidária", promovido pelo consórcio SUSY, constiuído por 26 parceiros de 23 países europeus.  A apresentação será transmitida via live streaming através da página de Facebook  do projeto a partir das 10 horas.
15 Jan 2018

Lançamento oficial do Projeto de Turismo Solidário e Comunitário na Ilha do Maio, em Cabo Verde

O evento que marca o arranque oficial do Projeto de Turismo Solidário e Comunitário na Ilha do Maio vai decorrer no próximo dia 16 de janeiro, às 16 horas, no Salão Nobre Isaac Pinheiro, nos Paços do Concelho da Câmara Municipal do Maio, em Cabo Verde.
11 Jan 2018

UE-PAANE: Sindicato do setor da saúde capacitado em ação sindical e advocacia

Teve lugar entre os dias 11 e 15 de dezembro de 2017, na sede do UE-PAANE, a formação em “Ação Sindical e Advocacia no Âmbito da Saúde”. A atividade aconteceu no quadro do Gabinete de Apoio Permanente (GAP) do UE-PAANE - Fase di Kambansa e reuniu 28 sindicalistas membros do SINETSA – Sindicato Nacional dos Enfermeiros, Técnicos de Saúde e Afins. 
11 Jan 2018

UE PAANE: RENAJ projeta ações para os próximos 5 anos

O Gabinete de Apoio Permanente (GAP) do UE-PAANE - Fase di Kambansa colocou em prática mais uma ação: trata-se da assistência técnica e formação dada à Rede Nacional das Associações Juvenis – RENAJ para a elaboração do seu novo plano estratégico (o último vigorou até 2015). A atividade teve lugar entre os dias 4 e 12 de dezembro de 2017, na sede do UE-PAANE, e contou com a presença de 20 participantes. 
21 Dec 2017

Montemor-o-Novo recebe sessão sobre Economia Social e Solidária e Desenvolvimento Sustentável

Como podemos promover a Economia Social e Solidária (ESS) nos processos de Desenvolvimento Local e Global? Qual a importância da ESS na nova Agenda de Desenvolvimento 2030? Como podemos potenciar a aplicação da ESS em projetos atuais e futuros? Venha descobrir a resposta a estas e outras questões no próximo dia 19 de janeiro de 2018, a partir das 10h, no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Faria em Montemor-o-Novo.