PT | EN


Coordenadas para a Cidadania Global – Ver, Agir e Transformar

Transformar o nosso Mundo. Esta é a premissa da Nova Agenda do Desenvolvimento. Um olhar global sobre as pessoas e o planeta, em que o respeito pelos Direitos Humanos e pela dignidade das pessoas está em harmonia com o garante da preservação dos bens comuns globais. Somos a geração mais bem preparada para dar resposta aos principais desafios que nos são colocados e somos a geração que pode, através das práticas, visão e ação, garantir que os jovens trilham caminhos que os conduzam a um mundo mais sustentável, mais justo e mais digno. O nosso Mundo.

Saiba mais sobre este projeto aqui.
Localização: Portugal
Duração: 24 meses - setembro de 2016 a agosto de 2018
Beneficiários:
Diretos: 30 jovens de 20 Organizações da Sociedade Civil.
 
Indiretos: 90 representantes de Organizações da Sociedade Civil; cerca de 100 cidadãos nacionais e estrangeiros, como o público dos percursos turísticos pedagógicos organizados; e mais de 1000 pessoas têm acesso às informações do projeto através do portal online.
Objetivos:
Global: Contribuir para o envolvimento ativo dos cidadãos como cocriadores de uma sociedade mais justa, digna e sustentável através da dinamização de novos canais de comunicação para a Educação para a Cidadania Global (ECG).

Específico: Reforçar as competências para a vida dos jovens adultos numa abordagem inovadora e criativa da ECG, através da construção e disseminação de rotas turísticas pedagógicas.
Atividades:
Este projeto pretende:
  • Melhorar as competências para a vida dos jovens adultos, através de uma nova abordagem de ECG;
  • Implementar, testar e disseminar uma nova abordagem de ECG, reforçando a capacidade dos jovens adultos das OSC interpretarem as relações interglocais;
  • Permitir que mais de 20 associações locais sejam capazes de promover uma nova abordagem de ECG junto dos seus públicos-alvo;
  • Transversalmente, implementar um modelo de gestão, comunicação e avaliação.
Parceiros:
Par – Respostas Sociais (enquanto organização promotora) e Associação Renovar a Mouraria
Partilhar:
Homepage Imprimir Enviar
19 Jan 2018

Projeto Economia Social e Solidária apresenta policy paper em Bruxelas

Na próxima terça-feira, dia 23 de janeiro de 2018 será apresentado no Parlamento Europeu, em Bruxelas, o policy paper "Maximizar a Dignidade através da Economia Social e Solidária", promovido pelo consórcio SUSY, constiuído por 26 parceiros de 23 países europeus.  A apresentação será transmitida via live streaming através da página de Facebook  do projeto a partir das 10 horas.
15 Jan 2018

Lançamento oficial do Projeto de Turismo Solidário e Comunitário na Ilha do Maio, em Cabo Verde

O evento que marca o arranque oficial do Projeto de Turismo Solidário e Comunitário na Ilha do Maio vai decorrer no próximo dia 16 de janeiro, às 16 horas, no Salão Nobre Isaac Pinheiro, nos Paços do Concelho da Câmara Municipal do Maio, em Cabo Verde.
11 Jan 2018

UE-PAANE: Sindicato do setor da saúde capacitado em ação sindical e advocacia

Teve lugar entre os dias 11 e 15 de dezembro de 2017, na sede do UE-PAANE, a formação em “Ação Sindical e Advocacia no Âmbito da Saúde”. A atividade aconteceu no quadro do Gabinete de Apoio Permanente (GAP) do UE-PAANE - Fase di Kambansa e reuniu 28 sindicalistas membros do SINETSA – Sindicato Nacional dos Enfermeiros, Técnicos de Saúde e Afins. 
11 Jan 2018

UE PAANE: RENAJ projeta ações para os próximos 5 anos

O Gabinete de Apoio Permanente (GAP) do UE-PAANE - Fase di Kambansa colocou em prática mais uma ação: trata-se da assistência técnica e formação dada à Rede Nacional das Associações Juvenis – RENAJ para a elaboração do seu novo plano estratégico (o último vigorou até 2015). A atividade teve lugar entre os dias 4 e 12 de dezembro de 2017, na sede do UE-PAANE, e contou com a presença de 20 participantes. 
21 Dec 2017

Montemor-o-Novo recebe sessão sobre Economia Social e Solidária e Desenvolvimento Sustentável

Como podemos promover a Economia Social e Solidária (ESS) nos processos de Desenvolvimento Local e Global? Qual a importância da ESS na nova Agenda de Desenvolvimento 2030? Como podemos potenciar a aplicação da ESS em projetos atuais e futuros? Venha descobrir a resposta a estas e outras questões no próximo dia 19 de janeiro de 2018, a partir das 10h, no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Faria em Montemor-o-Novo.