PT | EN

Projeto de Gestão Sustentável dos Recursos Naturais Florestais

Os recursos florestais têm um papel preponderante no combate à fome e a pobreza, com impacto na atividade agrícola para autoconsumo e nas atividades geradoras de rendimento para as populações.
Localização: República de Angola, Província do Huambo, Município da Ecunha, Comunas da Ecunha e do Chipeio
Duração: 32 meses - março 2011 a outubro 2013
Beneficiários:
Diretos: Técnicos da Administração Municipal e EDA; representantes das Organizações da Sociedade Civil; viveiristas; fruticultores e silvicultores; apicultores; professores e alunos.

Indiretos: Toda a população do Município de Ecunha (estimada em 84.560 hab.).
Objetivos:
Geral: Contribuir para o aumento do impacto do setor dos recursos naturais no processo de desenvolvimento económico do Município da Ecunha e para a redução da pobreza e desenvolvimento social do Município da Ecunha.

Específico: Desenvolver um modelo de gestão sustentável dos recursos naturais nas zonas florestais do Município da Ecunha.
Atividades:
- Programa de Assistência Técnica e Capacitação à Repartição de Agricultura/florestas – Administração Municipal da Ecunha, EDA e OSC;
- Alargamento e Reforço da produção do Viveiro Municipal Frutícola e Silvícola;
- Incentivo e alargamento das áreas e do potencial produtivo frutícola e silvícola nas Aldeias;
- Promoção e Reforço de Atividades Não-Lenhosas: Setor Apícola Tradicional;
- Sensibilização e Educação para o desenvolvimento sustentável dos recursos naturais.
Parceiros:
Coopecunha – Cooperativa Agrícola da Ecunha
Partilhar:
Homepage Imprimir Enviar
O IMVF está hoje presente em todos os Países de Expressão Portuguesa.
Conheça o nosso trabalho em cada um deles!

22 Abr 2014

Guiné-Bissau: projeto Balal Gainako lança manual de formação para criadores de gado e para-veterinários

Face à importância de aumentar a produtividade do setor pecuário familiar, fundamental para o crescimento económico e para a redução da pobreza na região de Gabu, onde se situa a segunda maior cidade da Guiné-Bissau, o projeto Balal Gainako, implementado pelo IMVF e pela DIVUTEC - Associação Guineense de Estudos e Divulgação de Tecnologias Apropriadas tem vindo a contribuir para a formação dos criadores de gado, agora reforçada com o lançamento de uma manual prático. 
21 Abr 2014

Projeto Go Local promoveu formação na área do ensino não-formal

O projeto Go Local: Por uma cidade sustentável promoveu uma formação sobre metodologias de ensino não-formal no dia 15 de abril de 2014, no Lisbon Story Center em Lisboa com o objetivo de capacitar potenciais formadores a dinamizar círculos de aprendizagem onde se construa, compartilhe e expresse conhecimento através de um processo de diálogo em torno de questões ou problemas identificados.
17 Abr 2014

Realimentar - No Dia Internacional da Luta Camponesa, a ReAlimentar celebra o seu segundo aniversário

Foi exatamente há 2 anos que um conjunto de Organizações da Sociedade Civil portuguesa, preocupados com as políticas que impactam negativamente na soberania e segurança alimentar e nutricional em Portugal e no mundo, lançaram a REALIMENTAR, uma rede temática para a soberania e a segurança alimentar. 
08 Abr 2014

Workshop sensibiliza deputados cabo-verdianos para a importância da Coerência das Políticas para o Desenvolvimento

Cerca de 50 deputados nacionais e municipais estiveram presentes num workshop que teve por intuito sensibilizar para a importância da monitorização da Coerência das Políticas para o Desenvolvimento. A iniciativa, que decorreu no dia 4 de abril de 2014, no salão da Assembleia Municipal de São Vicente, foi promovida pelo projeto Coerência das Políticas para o Desenvolvimento - o desafio para uma cidadania ativa em Cabo Verde, implementado pelo IMVF e pela Plataforma das ONG de Cabo Verde.
08 Abr 2014

Escola + aposta na formação contínua de professores são-tomenses

A capacitação dos professores mantém-se uma das principais apostas do projeto Escola + com vista à melhoria do ensino secundário são-tomense. No passado mês de março foram promovidas ações de formação em “didática geral” e em “práticas de escrita”, no quadro do programa de formação contínua implementado pelo projeto em estreita parceria com o Instituto Superior Politécnico de S. Tomé e Príncipe, ISP.