O livro com as intervenções e o resumo dos debates da 3.ª Conferência de Lisboa já está disponível online e será brevemente apresentado ao público. Da geopolítica à segurança, da globalização à sustentabilidade do planeta, do desenvolvimento global aos desafios da União Europeia, estes foram alguns dos grandes temas internacionais em debate na 3.ª edição das Conferências de Lisboa sobre o “Desenvolvimento em tempos de incerteza”, que decorreu nos dias 3 e 4 de maio de 2018, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa

Livro disponível aqui.

As Conferências de Lisboa, organizadas pelo Clube de Lisboa, são um evento internacional de periodicidade bienal, com a finalidade de colocar a capital portuguesa e Portugal no centro dos grandes debates internacionais sobre as questões do desenvolvimento. 

As Conferências de Lisboa resultaram de um Protocolo de Cooperação assinado em 13 de outubro de 2013 por 7 entidades públicas e privadas: Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP)(CCIP), Câmara Municipal de Lisboa (CML), Fundação Portugal-África (FPA), Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF), Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Sociedade para o Financiamento do Desenvolvimento (SOFID) e União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA).

De forma a potenciar o objetivo das Conferências e a estimular o debate e a reflexão sobre questões abrangentes da cena internacional, as partes decidiram realizar outras atividades associadas, com particular ênfase às mais impactantes para Portugal e a Europa. Assim, os representantes das entidades instituidoras decidiram lançar o Clube de Lisboa, com a finalidade de promover o debate sobre assuntos globais, com realce aos do desenvolvimento, da sustentabilidade, da geopolítica, da geoeconomia, das transformações tecnológicas e das transições energéticas. A partir da criação do Clube, em dezembro de 2016, as Conferências de Lisboa passaram a ser por ele organizadas.

Saiba mais aqui.