A coordenadora da Associação de Agricultores das Ilhas Windward (WINFA), Kozel Fraser, vai estar em Portugal entre 31 de outubro e 4 de novembro de 2016 para falar de produção e consumo responsáveis. No âmbito do projeto Fruta Tropical Justa, cofinanciado pela União Europeia e promovido em Portugal pelo Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF), Kozel Fraser irá participar em diversos encontros, desafiando a sociedade como um todo a pensar na importância das suas escolhas. Gestos que devem zelar pelo ambiente e por aqueles que trabalham para que, todos os dias, milhares de milhões encontrem alimento.

Dia 4 de novembro, pelas 9h30, a oradora integrará o painel Práticas da Comunidade para o Desenvolvimento do Seminário Internacional “Autarquias Locais Rumo a 2030: Diálogos para o Desenvolvimento”, a realizar na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Kozel Fraser possui uma vasta experiência na promoção de práticas agrícolas sustentáveis, com foco na adaptação às alterações climáticas, e dos direitos dos agricultores, em particular das mulheres. A sua visão multidimensional da sustentabilidade permite-lhe ter uma visão crítica sobre os desafios do consumo sustentável e sobre a influência dos nossos estilos de vida na promoção dos direitos dos agricultores.

Violações de padrões laborais e de direitos ambientais são comuns tanto na produção de banana, como na de ananás, tal como na produção de outras frutas tropicais. A campanha Fruta Tropical Justa tem como objetivo a adoção de uma cadeia de abastecimento justa e sustentável; a defesa dos direitos sociais e ambientais nos países produtores; a criação de um espaço para que sejam ouvidas as vozes dos países produtores; o estabelecimento de uma rede entre os países produtores e os países consumidores, numa campanha comum; e o incentivo de novas políticas e práticas comerciais a nível internacional.

A oradora Kozel Fraser traz a voz dos produtores do Caribe até Portugal e vai alertar para a importância de uma produção e de um consumo responsáveis.

A campanha Fruta Tropical Justa é cofinanciada pela União Europeia e promovida em Portugal pelo IMVF, rumo à adoção na União Europeia de práticas comerciais justas em toda a cadeia de abastecimento das frutas tropicais. O projeto envolve 19 parceiros da União Europeia, Camarões, Colômbia, Equador e Ilhas Windward. Saiba mais sobre este projeto aqui.