Com a duração de 2 anos, o projeto “Desafios para a Cidadania Global: as migrações como pilar para a construção de sociedades mais justas, pacíficas, tolerantes e inclusivas” teve início em setembro e pretende contribuir para aumentar a reflexão crítica de jovens universitários, aspirando o exercício da cidadania global e a participação na construção de sociedades mais justas, dignas e sustentáveis, bem como promover as competências de jovens universitários em relação às temáticas das migrações no âmbito da Agenda para o Desenvolvimento 2030.

Este projeto tem como beneficiários alunos universitários e professores do ensino superior e Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento, Organizações da Sociedade Civil, universidades e cidadãos em geral.

O projeto “Geração ODS” teve início também em setembro com uma duração de 2 anos e tem como objetivos contribuir para a promoção e implementação da Agenda 2030 através de multicanais comunicativos eficientes e inovadores e encorajar os cidadãos para a adoção de comportamentos associados aos ODS no seu dia-a-dia e para que reforcem o seu apoio e a sua ação em prol da justiça social global.

Ambos os projetos são financiados pela Camões, I.P. O primeiro é implementado pela Associação Renovar a Mouraria (enquanto organização promotora) e pela Par – Respostas Sociais, e o segundo é implementado pela Par – Respostas Sociais e pela Associação Reserva na Fábrica (enquanto entidade associada).