No contexto do Projeto de Dinamização e Requalificação Turística na Ilha do Maio estão a decorrer várias atividades artísticas com crianças das escolas da ilha do Maio e ministrada formação aos artesãos do coletivo da Calheta, entre os dias 29 de outubro e 5 de novembro de 2018, dinamizadas pela formadora Luísa Janeirinho, da ONG Sphaera Mundi.

Esta iniciativa decorre no contexto da atividade 3 do projeto, que refere ao “apoio às comunidades locais para práticas de turismo solidário e preservação ambiental”, na qual está prevista a “promoção dos produtos locais e o apoio aos artesãos”.

O trabalho com as escolas pretende sensibilizar as crianças para a preservação do património histórico e cultural da ilha do Maio. Da parte da manhã, as tradições e as principais figuras e particularidades da ilha serão o destaque central do trabalho artístico realizado ao longo da semana. Da parte da tarde, a formadora irá encontrar-se com o coletivo de artesãos da Calheta para fomentar a criação de novos produtos. Durante esta ação de formação, o património cultural da ilha do Maio será também a temática central.

A importância desta iniciativa está também ligada à entrega de materiais que foi feita em março 2018 aos artesãos do coletivo da Calheta e à recente reabertura da loja de artesanato do Forte de S. José.

Foram já produzidos 21 sacos de sal, 6 sacos de pedra de sal, 2 panos individuais, 5 sacos de pano, 4 espanta espíritos em renda, 2 sacos de pão, 7 bases de fibra natural e 11 bolsos pequenos.

A ONG Sphaera Mundi já realizou inúmeras atividades no setor do desenvolvimento artístico e cultural. Luísa Janeirinho trabalhou nas iniciativas de dinamização dos produtos de artesanato da Cidade Velha, tendo também uma experiência e ligação anterior à ilha do Maio.

O projeto de Dinamização e Requalificação Turística da Ilha do Maio tem a duração de 3 anos, é financiado pela União Europeia, tem o apoio do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua e da Sociedade de Desenvolvimento Turístico das Ilhas da Boa Vista e Maio e é implementado pelo  IMVF em parceria com a Câmara Municipal do Maio e a Câmara Municipal de Loures.