O adormecido, o preguiçoso, o apaixonado, o indeciso ou o agente de transformação social: descubra quem é ao nível da ação e compromisso em prol do Desenvolvimento Global.

E se lhe dissermos que a mudança começa consigo? É verdade. Tod@s somos agentes de mudança. Pela nossa atitude, atividade e estilos de vida, todos podemos transformar o mundo. E quem não quer acabar com a pobreza extrema, combater a desigualdade e a injustiça, garantir uma ação climática sustentável, garantir o acesso à saúde, educação, bem-estar?

Com a aprovação da Agenda 2030 e dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a ação concertada entre governos, municípios, organizações internacionais, empresas, organizações da sociedade civil e cidadãos permitirá até 2030 não deixar ninguém para trás e transformar o nosso mundo. Acredite que não é utopia!

Da erradicação da pobreza e da fome à igualdade de género e saúde de qualidade, da água potável e saneamento ao trabalho digno e crescimento económico, da redução das desigualdades à educação de qualidade, das energias renováveis à ação climática, esta Agenda reflete o equilíbrio entre 5 Princípios: Pessoas, Planeta, Paz, Parcerias e Prosperidade, que se apresentam como pilares desta estratégia glocal. Um conjunto de princípios que podem ser ampliados quando garantimos a Coerência das Políticas para o Desenvolvimento (CPD). De forma simples, a CPD passa pela definição e aplicação de políticas coerentes entre si, assentes numa visão holística e multidisciplinar do desenvolvimento sustentável. A perspetiva da CPD reconhece que a implementação de uma política numa determinada área está relacionada com outras áreas e que os esforços de desenvolvimento num certo país influenciam o desenvolvimento global.

Tod@s podemos ter um papel a desempenhar. A sua ação e compromisso podem ser analisadas pelo nível de intervenção no processo de transformação social, económico, politico e cultural. E todos os níveis de ação, capazes de promover o desenvolvimento sustentável, são legítimos e válidos. Preparado para descobrir qual o seu nível?

Guia de Ação Cidadã disponível aqui.

Esta publicação é da autoria de Mónica Santos Silva, técnica de Cidadania Global do IMVF e foi produzida no âmbito do projeto “Coerência.pt: o eixo do Desenvolvimento mais justo, mais digno, mais sustentável”, implementado em Portugal pela FEC – Fundação Fé e Cooperação e pelo  IMVF e cofinanciado pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.