Criatividade, ODS e natureza foram os ingredientes do Laboratório ODS. De 23 a 26 de maio, 15 jovens ativistas estiveram em Sintra a explorar os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, numa formação residencial, no Almáa Sintra Hostel.

O Laboratório ODS – uma formação criativa para a transformação surgiu no âmbito do projeto Geração ODS – um projeto focado na importância da sensibilização sobre os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

A mobilização em torno dos ODS é fundamental para garantir a transformação social, económica e ambiental e assume igualmente o seu papel no reforço da solidariedade entre povos e na promoção de uma Cidadania Global ativa e plena.

Criado a pensar nos jovens adultos, o Laboratório ODS teve como propósito juntar jovens ativistas para, através de ações de formação sobre as temáticas da Cidadania Global, atividades dinâmicas e discussão, dar-lhes espaço para se inspirarem e adquirirem o conhecimento e ferramentas necessárias para se tornarem verdadeiro/as agentes de transformação social.

Durante 3 dias os participantes tiveram a oportunidade de mergulhar numa experiência única no Almáa Sintra Hostel, um Eco Hostel e Centro de Retiros, que se rege pelos princípios da sustentabilidade e da responsabilidade social.

Neste retiro ativista, e rodeados pela natureza, os participantes exploraram os princípios da Agenda 2030 – Pessoas, Planeta, Paz, Prosperidade, Parcerias – refletiram sobre os temas do desenvolvimento sustentável, e aprenderam a comunicá-los de forma ética, digna, empática e criativa.

A atribuição de um ODS a cada participante marcou o início do processo criativo: um jovem – um ODS – um desafio. Ao aprofundarem o seu conhecimento sobre o papel dos ODS na promoção da cidadania global, e de reconhecerem a importância dos mesmos na promoção de um mundo mais digno, bem como do papel da comunicação para o desenvolvimento na difusão de mensagens e imagens éticas, os jovens foram desafiados a pensar numa estratégia de comunicação do seu ODS, para que possam tornar-se atores de transformação social ativos.

Para inspirar à criatividade foram dinamizadas 3 oficinas:

Artesanato e Ativismo

Esta oficina teve como objetivo dar a conhecer várias técnicas artesanais na área das artes plásticas, muito focado na reutilização e reciclagem de materiais de forma criativa. Os participantes foram desafiados a pensar numa forma gráfica que representasse o seu ODS, para depois aplicar numa t-shirt, utilizando a técnica do stencil. Além das t-shirts, foram também estampados pedaços de pano, que foram depois colados a uma estrutura de cubos em forma de Totem. Foi assim construído o Totem dos ODS.

Vídeo & Foto com Telemóvel

Nesta oficina foram apresentadas e partilhadas dicas sobre técnicas e ferramentas para captação de imagem e vídeo com o telemóvel: quais as ferramentas e apps mais interessantes para a edição de vídeo e imagem, e ainda os vários tipos de plano de filmagem (entrevista, documentário, etc.). Os participantes foram também desafiados a colocar em prática os conhecimentos recém-adquiridos, através de exercícios em grupo – a realização de pequenos vídeos e fotografias, sempre com a temática dos ODS presente.

Dança e Criatividade

Esta oficina orientada para o desenvolvimento pessoal utilizou como instrumentos a música, o movimento e a emoção.

O pontapé de saída está dado. Já com as ferramentas certas na sua posse, os jovens Geração ODS vão passar à segunda fase do processo: a implementação das suas ideias. Fique atento/a às nossas redes sociais para ir acompanhando todo o processo criativo em prol dos ODS.

 

 

O projeto Geração ODS foca-se na importância da sensibilização para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a Agenda 2030. Cidadãos mais conscientes dos processos de interdependência global estão mais despertos para a necessidade de agirem em prol de um processo de Desenvolvimento digno, inclusivo e sustentável.