Coerência.PT: O Desafio do Desenvolvimento

Portugal, Estónia, Holanda, República Checa e Cabo Verde

Um tema complexo perante uma dura e simples realidade: centenas de milhões de pessoas vivem atualmente abaixo do limiar da pobreza com menos de 0,75 € por dia. O princípio da Coerência das Políticas para o Desenvolvimento (CPD) é evidenciar que o impacto das políticas europeias e de cada Estado-Membro de luta contra a pobreza e a favor das populações mais vulneráveis não pode ser minado pelos efeitos de outras políticas europeias, contraditórias.

 

BENEFICIÁRIOS:

  • Decisores políticos (membros do Governo, membros do Parlamento, membros de partidos políticos),
  • técnicos de Administração Pública (técnicos de diferentes Ministérios e serviços públicos),
  • Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento, e
  • público em geral

 

OBJETIVOS:

  • Geral: contribuir para a erradicação da pobreza promovendo a Coerência das Políticas para o Desenvolvimento através da sensibilização de diferentes stakeholders.
  • Específico: mobilizar decisores políticos, funcionários públicos, ONGD e publico em geral para que contribuam para a Cooperação para o Desenvolvimento e para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio.

 

ATIVIDADES:

Resultado Esperado 1: decisores políticos e funcionários públicos sensibilizados para o contributo da Coerência das Políticas para o Desenvolvimento (CPD) na eficácia da Ajuda

– Produção de Informação
– Estudos de caso
– Edição do manual CPD
– Newsletter CPD
– CPD na Web

Resultado Esperado 2: ONGD sensibilizadas para a importância da coerência das políticas para o desenvolvimento na luta contra a pobreza:

– Capacitação e participação dos stakeholders
– Reuniões de contacto e enquadramento da ação junto do grupo-alvo
– Workshops para ONGD
– Workshops para Decisores Políticos e Funcionários Públicos
– Coligação de Vontade

Resultado Esperado 3: público sensibilizado para a existência de incoerências concretas no desenvolvimento e com consciência crítica quanto à importância da sua participação em prol do desenvolvimento:

– Sensibilização e advocacia
– Materiais de Advocacia
– Artigos de Opinião
– Reconhecimento de Boas Práticas

 

PARCEIROS:

  • Evert Vermeer Foundation,
  • Glopolis,
  • People to People,
  • Plataforma das ONG de Cabo Verde

 

 

VÍDEOS

Explore a playlist no YouTube do projeto