Urok Osheni! Conservação, desenvolvimento e soberania nas Ilhas Urok

Guiné-Bissau, Arquipélago dos Bijagós, Ilhas Urok (Formosa, Nago e Chediã

O Complexo de Urok é um santuário de biodiversidade. Modelo único de gestão democrática comunitária, em Urok são as comunidades locais que se responsabilizam e gerem os seus espaços e recursos naturais. Aliar a conservação com a promoção do desenvolvimento económico e social pode funcionar como projeto-piloto para a gestão e promoção do desenvolvimento nas restantes áreas protegidas da Guiné-Bissau.

Beneficiários:

  • Diretos: elementos da estrutura de cogestão da AMPC Urok, crianças e jovens, adultos e professores participantes nas atividades das escolas comunitárias, mulheres e jovens beneficiários das ações de apoio ao empreendedorismo e produtores locais
  • Indiretos: toda a população residente e todos os utilizadores externos dos recursos da biodiversidade de Urok

Objetivos:

  • Gerais: contribuir para o Reforço do Processo de Governação Participativa em curso na Área Marinha Protegida Comunitária (AMPC) das ilhas de Urok
  • Específico: construir um Modelo de Desenvolvimento Sustentável e Integrado para AMPC

Atividades:

Resultado 1: Estruturas de Gestão da Área Marinha Protegida Reforçadas

– infraestruturas próprias da Área Marinha Protegida construídas e em funcionamento
– presença do IBAP em Urok reforçada;
– número de reuniões do Comité de Gestão Urok reforçada;
– capacidade de intervenção do Comité de Gestão Urok reforçada;
– Plano de Gestão Urok atualizado até final do projeto;
– intercâmbios com áreas protegidas nacionais e da sub-região realizados;

Resultado 2: oportunidades de acesso ao ensino e formação reforçadas

– aumento do número de alunos com acesso ao ensino básico nas 7 escolas da rede comunitária de Urok;
– 12 ações de Formação de Professores Comunitários realizadas ao longo do projeto;
– competências dos professores comunitários reforçadas;
– aumento do número de professores do Estado nas Ilhas;
– aumento do número de utentes do Centro de Recursos Educativos;
– número de atividades promovidas pelo CRE;
– número de alunos na alfabetização aumentado anualmente;
– ensino de adultos introduzido em 3 escolas;
– 50 Jovens beneficiários de ações de formação profissional;

Resultado 3: Economia Local Dinamizada

– aumentado o nível de bem-estar da população;
– número de pequenos negócios comunitários aumentado;
– trocas comerciais com outras regiões aumentadas;
– 150 Produtores beneficiados com apoios do projeto;
– 50 Jovens beneficiados pelo fundo de apoio ao empreendedorismo;

Resultado 4: Património Cultural Valorizado:

– número de iniciativas promovidas pela Casa de Ambiente e Cultura nas 3 Ilhas aumentado;
– 3 Grupos de Jovens apoiados nas 3 Ilhas de Urok;
– Rádio da AMPC constituída e em funcionamento;
– Área Marinha Protegida dotada de instrumentos capazes de defender os seus interesses, a sua cultura e património natural, face às potenciais iniciativas turísticas da região.

Resultado 5: serviços comunitários reforçados de forma equitativa

– 2 Novas embarcações ao serviço da população as Ilhas, reforçando em especial a rede de transportes de Nago e Chediã;
– 2 Novas casas de passagem construídas e em funcionamento em Nago e Chediã;
– parcerias realizadas para intervenções anuais na área da saúde;
– 6 Pontos de acesso a água construídos/reabilitados.

Parceiros:

  • Tiniguena 

Entidades Associadas:

  • IBAP – Instituto da Biodiversidade e das Áreas Protegidas
  • FIBA – Fondation Internationale du Banc d’Arguin

Vídeos: