No âmbito do UE PAANE – Fase di Kambansa, o GAP – Gabinete de Apoio Permanente disponibilizou apoios a 22 Organizações da Sociedade Civil (OSC) e Órgãos de Comunicação Social e Comunitários (OCSC), através de ações de capacitação personalizadas, práticas e com base em solicitações das próprias entidades selecionadas. Para avaliar este percurso, teve lugar no dia 3 de julho de 2018, no Centro Cultural Português, a sessão de avaliação do GAP.

Fazendo uso de uma metodologia dinâmica, a equipa de implementação do GAP juntamente com a coordenação do projeto convidou os representantes das OSC/OCSC a avaliarem as diferentes atividades em diferentes pontos, que foram desde o lançamento e avaliação dos pedidos de apoio até a monitorização dos mesmos.

“A sessão foi uma experiência muito boa e interactiva devido à metodologia que foi utilizada”, palavras do responsável administrativo da ONG CEPRODEC, Idrissa Camará.

Esta sessão, além de um momento de avaliação do GAP pelos próprios beneficiários dos apoios, tinha também como objetivo ser um espaço de apresentação dos resultados alcançados durante o período de implementação do Gabinete.

Para a presidente do Conselho Fiscal da organização NODECO, Maimuna Djaló, é importante este tipo de ação e esta preocupação em que sejam os beneficiários a avaliar o trabalho desenvolvido pelos parceiros, principalmente abrindo espaço para que as OSC/OCSC dêem sugestões para melhorar a colaboração caso haja futuras ações.