Os coordenadores da missão da especialidade de Oftalmologia a São Tomé e Príncipe no âmbito do projeto Saúde para Todos – Rumo à Sustentabilidade, Dr. Luís Dias Pereira e Enf.ª Anabela Raposo apresentaram o balanço de 27 missões desta especialidade realizadas ao arquipélago são-tomense desde 2010.

A apresentação decorreu no âmbito da XIVª edição das Conferências Abertas de Optometria, organizadas pela Associação de Profissionais Licenciados de Optometria (APLO), no dia 10 de novembro de 2018, no Porto.

Em 9 anos, e até final de 2018 foram já realizadas 27 missões. Foi criada uma rede de cerca de 70 especialistas de 21 instituições hospitalares; foram realizadas 14.945 consultas médicas, 2.287 consultas de enfermagem e ultrapassadas as 2.229 cirurgias.

Durante 2 semanas, em média 4 vezes por ano, os especialistas realizam missões humanitárias de curta duração com o objetivo de solucionar problemas médicos e cirúrgicos e ministrar formação aos técnicos locais (não há especialistas em Oftalmologia em São Tomé e Príncipe), tendo sido já realizadas 77 ações de formação.

O iSee® – projeto na área de Oftalmologia integrado no Saúde para Todos – assume-se como uma estratégia e não um conjunto isolado de missões. Apoiar a Oftalmologia em São Tomé e Príncipe passou a ser o desafio desta equipa de profissionais de saúde, enquadrada na iniciativa Visão 2020.

Em 2014, fruto de uma parceria entre o IMVF e a Altice Labs e outros parceiros da área das tecnologias de oftalmologia, nasceu a solução inovadora ao nível da Teleoftalmologia: o TELEYE®, um sistema que integra, pela primeira vez, na plataforma de telemedicina Medigraf®, 6 equipamentos oftalmológicos fundamentais: Lâmpada de Fenda, Retinógrafo, Auto-Refractómetro/Keratómetro, Tonómetro, e Câmara de Alta Definição. Este sistema tem provado ser uma peça visionária no percurso de apoio à oftalmologia em São Tomé. É um equipamento modular e as suas vantagens são semanalmente testadas e utilizadas na avaliação em tempo real de todos os casos, dos urgentes aos restantes, que são selecionados permitindo uma resposta terapêutica atempada.

Em sinergia com outras especialidades, Oftalmologia tem integrado um número crescente de ações de outras especialidades, como é o caso da Anestesiologia e da Pediatria, com as quais, além das atividades assistenciais, colaboraram na Reunião de Oftalmologia e Pediatria em 2015, que envolveu vários equipas médicas e de enfermagem são-tomenses.

“Participar numa missão com as características do “Projeto Saúde para Todos – Rumo à Sustentabilidade” é partir com motivação para ajudar. Ajudar quem não tem acesso generalizado a cuidados de saúde especializados. Ajudar uma população que se encontra numa região de extrema periferia, que vive em condições muito difíceis e cujo quotidiano é muito frágil. Ajudar recebendo em troca o mais importante dos agradecimentos: Um sorriso. É por isso que contando com a colaboração de toda a equipa do IMVF, com a participação empenhada dos colegas e dos nossos parceiros, contamos continuar a nossa Missão de uma forma segura, determinada e em estilo “leve-leve”, Anabela Raposo, enfermeira graduada, coordenadora do iSee® e Luís Dias Pereira, oftalmologista, coordenador do iSee® e Teleye®.