Foram 6.516 os quilómetros percorridos que permitiram a participação de 79 técnicos municipais no Intercâmbio de Municípios Galiza – Portugal para a implementação e localização dos ODS, que privilegiou a partilha de experiências e conhecimentos adquiridos por municípios portugueses e que possam ser replicáveis e adaptáveis ao contexto galego, de forma a promover o alcance das metas da Agenda 2030 – Transformar o nosso Mundo.

Quase 5 anos após a adoção desta ambiciosa Agenda muitas autoridades locais não estão ainda totalmente familiarizadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) ou não estão preparadas para implementar uma estratégia estruturada para o processo de localização dos ODS.

Para responder aos desafios que se colocam aos municípios, e dando continuidade ao trabalho de parceria entre o Fondo Galego de Cooperación e Solidariedade, a Xunta de Galiza e a Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento (RICD), 6 municípios galegos e 7 municípios portugueses juntaram-se num processo de saberes e de aprendizagem comum.

Os 6 intercâmbios (Ponteareas – Amadora, Vilagarcía de Arousa – Matosinhos, Pontevedra – Faro, Guitiriz – Seixal, As Pontes – Maia, Verín – Loures e Palmela), dinamizados pelo IMVF, foram estruturados em torno de um programa comum (in)formativo, com o objetivo de reforçar conhecimentos sobre os ODS, bem como de dar a conhecer ferramentas que podem ser utilizadas no processo de localização, para garantir o sucesso do mesmo.

Sabemos que o caminho é desafiante e que é necessário que todos os atores do desenvolvimento estejam verdadeiramente empenhados para garantir que a ambição da Agenda 2030 de não deixar ninguém para trás é cumprida.

Nestes intercâmbios, e em parceria, demos mais um passo firme para assegurar que cada vez mais agentes de transformação caminham juntos na promoção de um mundo mais digno, inclusivo e sustentável: o nosso mundo.