Valorização do Património Histórico-cultural da Ilha do Maio

Cabo Verde, Ilha do Maio

O Forte de São José, cuja construção remonta ao século XVIII, assume-se como um dos pontos-chave da ilha, testemunho físico e material da História dos Maienses e dos Cabo-Verdianos em geral. Em pleno século XXI, mantém a sua estrutura original, porém encontra-se fechado ao público, inutilizado e ameaçado pelas tradicionais causas de degradação.

BENEFICIÁRIOS:
  • Cerca de 10 pequenos produtores de queijo, sal, cerâmica e tecelagem da ilha – através da criação de um ponto de venda e valorização dos produtos locais, junto ao Forte;
  • Cerca de 15 estudantes do Centro de Formação Profissional – que apoiarão a valorização do Forte;
  • Toda a população da Ilha do Maio – que beneficiará de um novo espaço cultural e de novos impulsos à prática de um turismo sustentável de valorização da cultura local na Ilha do Maio.

 

OBJETIVOS:

Geral: promover a conservação e valorização da História e Cultura de Cabo Verde como estratégia de desenvolvimento socioeconómico do país e de valorização da memória coletiva dos Países de Língua Oficial Portuguesa.

Específico: a valorização do património cultural da Ilha do Maio como estímulo ao turismo e desenvolvimento socioeconómico da ilha.

 

ATIVIDADES:

Resultado Esperado 1: Forte de São José valorizado enquanto local de referência cultural da Ilha do Maio

Atividade 1: Valorização do Forte de São José:
A1.1: Reboco e pintura de todo o edifício, da torre e do portão;
A1.2: Recolocação de todos os canhões no interior do Forte;
A1.3: Instalação de serviços básicos como eletricidade e iluminação pública;
A1.4: Elaboração e colocação de painéis de azulejos com a história da Ilha do Maio, em duas línguas: Português e Inglês.

Resultado Esperado 2: Estrutura multiusos de apoio ao Forte criada

Atividade 2: Criação e equipamento de uma estrutura multiusos de apoio turístico e cultural, para venda de produtos tradicionais locais (tais como o sal, o queijo, têxteis, olaria, entre outros) e exposições temáticas e outras atividades de dinamização cultural, junto ao Forte.

Resultado Esperado 3: Ações de visibilidade cultural realizadas

Atividade 3: Realização de ações de visibilidade cultural
A3.1: Elaboração de uma brochura informativa sobre a história e cultura da Ilha do Maio (Património local e potencial turístico da ilha: as suas praias e possíveis atividades turísticas como a pesca e acampamentos de vigia das tartarugas marinhas; Divulgação das actividades artesanais/geradoras de rendimento tais como, olaria, tecelagem, queijo, sal e carvão). Consulte a brochura aqui.
A3.2: Produção de spots radiofónicos de divulgação das actividades culturais do Forte
A3.3: Trabalho de Pesquisa histórica para a elaboração do guião do painel de azulejos alusivo à história da ilha.

Resultado Esperado 4: Espetáculo de inauguração do Forte realizado | Outputs: Realização de um espetáculo de inauguração do Forte; Participação de grupos teatrais locais no espetáculo; Retrato e valorização da cultura e identidade maiense na sessão de inauguração do Forte, pelas mais diversas expressões artísticas.

Actividade 4: Espetáculo de inauguração do Forte com teatro danças e músicas típicas da Ilha, apostando na promoção dos valores, cultura e identidade da população da Ilha do Maio.

 

PARCEIROS:
  • Câmara Municipal do Maio