No âmbito da atribuição de Subvenções às Cooperativas Agrícolas de uma Cultura de Exportação (cacau, café, pimenta e coco) de São Tomé e Príncipe, foi assinado o contrato de subvenção com a Cooperativa de Exportação de Pimenta e Baunilha (CEPIBA), na manhã do dia 23 de novembro, na sede da cooperativa, em Rio Lima.

Esta atividade, organizada pelo Projeto de Apoio às Fileiras Agrícolas de Exportação (PAFAE) de São Tomé e Príncipe, implementado pelo IMVF, também celebrou, no mesmo evento, o contrato de gestão de fundo de maneio para pré-financiamento da campanha da pimenta – que acontece anualmente entre julho e dezembro – entre a CEPIBA e o Afriland First Bank. Esta ação enquadra-se num dos eixos da subvenção que será atribuída à CEPIBA no valor de 40.000 €. Outro dos eixos desta subvenção contempla uma componente formativa, nomeadamente ao nível da triagem, certificação e boas práticas agrícolas, de atendimento e gestão de conflitos e de comunicação e marketing.

De salientar que esta iniciativa alia, pela primeira vez no âmbito do PAFAE, uma parceria tripartida entre uma cooperativa agrícola (CEPIBA), uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (IMVF) e uma instituição financeira (Afriland First Bank), com um propósito comum: reforçar a confiança dos produtores na entrega de pimenta à Cooperativa através da garantia de pagamento imediato. Esta medida vai permitir mitigar o problema da disponibilidade de rendimentos dos pequenos agricultores e respetivos agregados familiares, melhorando, assim, as suas condições de vida e, consequentemente, promovendo o desenvolvimento do país. De referir o papel estruturante desta medida para o funcionamento da Cooperativa, com um aumento esperado da entrega da pimenta nos centros de processamento.

Nesta cerimónia esteve presente o Presidente da CEPIBA, Sr. Ricardino de Ceita, o Diretor Executivo da CEPIBA, Sr. Carlos Tavares, o Representante do IMVF em São Tomé e Príncipe, Dr. António Lima, a Adida para a Cooperação Portuguesa, Dra. Paula Pereira, o Ministro da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, Sr. Abel Bom Jesus, a Diretora do Gabinete de Apoio ao Ordenador Nacional (GAON), Dr. Nilda da Mata, bem como os presidentes das associações membros da CEPIBA e a equipa do PAFAE.

O Ministro da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, Sr. Abel Bom Jesus, um dos impulsionadores da constituição do fundo de maneio para pré-financiamento da campanha da pimenta assinalou: “Este é o começo de uma nova fase”. E destacou o IMVF como “um parceiro bastante sensível e aberto ao diálogo”, que permitiu, juntamente com outros parceiros do desenvolvimento, a concretização deste acordo.

SUBVENÇÕES ÀS COOPERATIVAS AGRÍCOLAS DE UMA CULTURA DE EXPORTAÇÃO

As subvenções às cooperativas agrícolas de uma cultura de exportação (cacau, café, pimenta e coco) têm como objetivo apoiar a realização de atividades concretas, tais como pagamento de certificações, apoio no escoamento da produção, investimento em equipamento ou material agrícola/ de transformação, investimento em atividades de renovação de plantações, viveiros e diversificação produtiva, entre outras atividades consideradas pertinentes. As 4 cooperativas agrícolas beneficiárias de subvenções são a CECAQ11, a CECAFEB, a CEPIBA e Cooperativa de Produtores de Coco “Condja Da Mungu”, no valor de até 40.000 € cada, num total de 180.000 € disponíveis.

O Projeto de Apoio às Fileiras Agrícolas de Exportação (PAFAE) de São Tomé e Príncipe é financiado pela União Europeia, cofinanciado pelo Camões, I.P. e implementado pelo Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF) em estreita parceria com o Ministério de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pesca (MADRP) de São Tomé e Príncipe e tem vindo a contribuir para a fortalecimento da economia e a criação de emprego em São Tomé e Príncipe no setor das fileiras agrícolas de exportação.

Spread the love