O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, participou num encontro com profissionais portugueses nas áreas da saúde, educação e formação profissional, na passada 3.ª feira, dia 20 de fevereiro, na Chancelaria da Embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe.

O IMVF apresentou a ação que desenvolve no país, um trabalho de mais de 30 anos que tem vindo a ser desenvolvido em parceria com o Estado são-tomense e a sua sociedade civil, e que envolve setores chave como a Saúde, Educação, Segurança Alimentar e Desenvolvimento Rural, Água e Saneamento Básico.

Na área da Saúde, o Paulo Freitas, presidente do Conselho de Administração do IMVF, fez um balanço do projeto Saúde para Todos. O Prof. João Paço, diretor clínico do Hospital CUF Infante Santo e professor catedrático da Nova Medical School, apresentou o balanço das missões da especialidade de Otorrinolaringologia realizadas desde 2011, e a médica de Otorrinolaringologia, Cristina Caroça, apresentou os resultados da sua tese de doutoramento sobre as causas da surdez em São Tomé e Príncipe. Por fim, Ana Mineiro, coordenadora do projeto Sem Barreiras e organizadora do 1.º Dicionário da Língua Gestual são-tomense, editado pela Universidade Católica Portuguesa, juntamente com Sebastião Palha, centraram a sua intervenção sobre a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida das pessoas com surdez no país.

Já na área da Educação, Joana Lopes Martins, coordenadora de projetos do IMVF, fez um balanço do projeto Escola + entre 2009 e 2017, apresentou o projeto em curso, Apoio à Consolidação do Ensino Secundário em São Tomé e Príncipe (ACES-STP), bem como as perspetivas para o futuro neste setor.

Neste encontro esteve também presente o Ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva, o Presidente do Camões, I.P., Luís Faro Ramos, o administrador executivo e diretor de projetos do IMVF, Ahmed Zaky, representantes e coordenadores dos projetos implementados pelo IMVF, profissionais de saúde e professores cooperantes, com destaque para a equipa clínica que integra as missões a São Tomé e Príncipe no âmbito das especialidades de Otorrinolaringologia e de Imagiologia, chefiada pela médica da Fundação Champalimaud, Celeste Alves.

Este encontro foi antecedido por um almoço de trabalho, entre o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa e representantes das ONG com atividade em São Tomé e Príncipe, no qual o IMVF também participou, e durante o qual os convidados tiveram oportunidade de transmitir ao Presidente as suas experiências e o trabalho desenvolvido nas suas áreas de atuação.

O IMVF atua em São Tomé e Príncipe desde 1988 e no âmbito do seu trabalho conta com o apoio da Cooperação Portuguesa, através do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e da Direção Geral da Saúde de Portugal, entre outros.