CAMPANHA #ClimateOfChange

Campanha pan-europeia para um futuro melhor

O papel das alterações climáticas na condução das tendências migratórias atuais e futuras, juntamente com o estatuto legal das pessoas que migram como resultado dos impactos das alterações climáticas é complexo, exigindo uma compreensão detalhada dos fatores subjacentes à migração.

Sabemos hoje que os desastres naturais provocam quase 14 milhões de deslocados por ano. À medida que a crise climática se aprofunda, os deslocados do clima também aumentam. Algumas projeções apontam para que em 2050 o número de deslocados ambientais seja superior a 143 milhões. De facto, a relação estabelecida entre os fenómenos naturais e o deslocamento forçado de populações é avassaladora. No entanto, sabemos que existem outros fatores que condicionam estes números, nomeadamente a pobreza, os conflitos, as condições económicas, a degradação dos ecossistemas, a falta de governança, entre outros.

É precisamente a interligação temática entre estes desafios e o processo de desenvolvimento, bem como o nosso papel enquanto atores do desenvolvimento que a Campanha #ClimateOfChange irá focar.

OS NOSSOS OBJETIVOS

O ambicioso objetivo da Campanha #ClimateOfChange não é apenas melhorar o conhecimento e a consciencialização dos jovens cidadãos europeus sobre os temas mais prementes da Educação para o Desenvolvimento e Cidadania Global, mas também envolvê-los e promover padrões de estilo de vida sustentáveis e uma mudança para um modelo de economia humana sustentável dentro das nossas fronteiras planetárias.

AS NOSSAS ATIVIDADES

Com início em janeiro de 2020 e ao longo de 40 meses iremos elaborar estudos de caso e relatórios que sirvam de base teórica às atividades de sensibilização, mobilização e advocacia. Envolveremos os jovens na Campanha, não apenas recorrendo a estratégias de comunicação orientadas para a mudança, mas também através de debates e visitas de conhecimento.

O website da Campanha #ClimateOfChange, bem como os filmes, as digressões, os festivais e múltiplos eventos serão o palco da ação conjunta e mobilizadora. O trabalho de advocacia será feito em parceria com os vários atores do desenvolvimento. Só uma ação conjunta, concertada e coordenada permitirá garantir a transformação social, política, económica e ambiental que queremos ver no mundo.

O NOSSO IMPACTO

Promover o conhecimento fatual sobre a relação entre as alterações climáticas e a migração, destacando a interligações temáticas globais com o atual modelo de desenvolvimento, o nosso sistema económico e o nosso próprio estilo de vida.

De facto, ao focarmos a Campanha #ClimateOfChange nas questões da emergência climática e migrações, e no papel que cada um de nós desempenha no processo de desenvolvimento, estamos simultaneamente a permitir uma reflexão crítica sobre as interligações glocais e a mobilizar para a adoção de estilos de vida sustentáveis. Um estilo de vida capaz de assegurar um mundo mais justo, mais digno e mais sustentável.

O NOSSO PERCURSO

As atividades serão organizadas seguindo o eixo Conhecimento – Consciencialização Campanha Advocacia, assegurando que os cidadãos da União Europeia serão informados, sensibilizados, envolvidos e mobilizados para serem corresponsáveis pelo processo de desenvolvimento sustentável.

A campanha irá basear-se em estratégias e metodologias participativas, dinâmicas e orientadas para o impacto. Serão privilegiadas as ferramentas multimédia e as redes sociais. O trabalho de campanha será alicerçado numa sólida pesquisa baseada no conhecimento e análise e alimentada por uma rede de parceiros com um vasto e importante papel na promoção dos temas da Educação para o Desenvolvimento e Cidadania Global.

Foto de rodapé: UN Photo/Eskinder Debebe | 25 agosto 2011 | Malkadiida, Ethiopia

A fome leva milhares de somalis a fugirem para os campos de refugiados da Etiópia.
Uma refugiada somali num acampamento em Malkadiida, Etiópia.
Fugindo da seca e da fome no seu país de origem, milhares de somalis passaram a residir em campos de refugiados do outro lado da fronteira.

Porque acreditamos na transparência, partilha e na ética de trabalho, a todas as organizações que se possam inspirar com este protejo e nas atividades que vamos desenvolver, agradecemos a vossa confiança. A todas pedimos que mencionem o nome do projeto na bibliografia consultada.